Gato em dia

Balada sobre a sonsa da panqueca que eu não quero comer

Chegou a hora de dedicar um pequeno texto a um odiozinho de estimação que nutro por estas candidatas a Miss Fotogenia do Ano: as sonsas das Panquecas. Tenho dedicado longos momentos de introspeção a pensar sobre este tema. Como é que uma coisa tão enfandonha pode gerar imagens tão “instagramáveis”. Como é que uma coisa mole, …

Continue Reading
Gato em dia

Palavra de Maio: Dedicação

Ao meu corpo O invólucro perfeito que respeita todas as marcas de dor e felicidade que experiencia. Ao que escrevo A faculdade agridoce que liberta e aprisiona e que embora procure mostrar, esconde sempre mais do que aquilo que imagino. Ao meu trabalho A rotina que me faz assentar os pés na terra e que …

Continue Reading
Gato em dia

25 de abril sempre (e já lá vão dois meses disto)

Quis o destino que tornasse público o primeiro texto do caleidoscópio a 25 de fevereiro. Dois meses volvidos, decido fazer um prematuro mas consciente balanço do que tem sido esta viagem, aproveitando o 25 de abril e a palavra “Liberdade” para dar corpo a esta entrada. O leilagato.com tem sido uma escola em termos editoriais e o …

Continue Reading
Gato em dia

Mesmo a propósito do Dia Mundial do Livro

Acabei de beber sofregamento o livro “Call me by your name” de André Aciman há poucos dias. You are the only person I’d like to say goodbye to when I die, because only then will this thing I call my life make any sense. Vi o filme duas vezes seguidas porque achei que da primeira vez …

Continue Reading