A Gato come

Taberna do Calhau – Mouraria

Antes de iniciar a escrita sobre a ida à Taberna Calhau decidi fazer uma pequena pesquisa etimológica sobre um termo muito comum no panorama gastronómico de Lisboa: Taberna Loja onde se vende vinho a retalho. = BODEGA Loja modesta de comes e bebes. = TASCA [Figurado] Casa imunda, desordenada. “taberna”, in Dicionário Priberam da Língua …

Continue Reading
A Gato come

Tamawashi – Mina

A zona da Amadora começa a compilar bons e (assim não tão) secretos espaços que primam pela qualidade da comida, espaço e serviço prestados ao cliente. Uma das mais recentes estreias neste panorama é o novíssimo Tamawashi. O restaurante japonês não quis limitar-se a ser mais um na cena gastronómica da Grande Lisboa e contratou …

Continue Reading
A Gato come Torradas com galão

Miolo – Bairro Alto

Quem diria que 15 metros quadrados podiam concentrar tanto amor? A Gato andava desvairada de fome pelas ruas do Bairro Alto quando se lembrou que por aquelas bandas havia a Miolo – um lugar que andava a catrapiscar há algum tempo. Com a torrada fisgada, lá encontrei o espaço, e qual o meu espanto, quando …

Continue Reading
A Gato come

Rei das Praias – Ferragudo (Algarve)

Primeira advertência: se reservarem mesa, digam especificamente que não querem ficar na mesa 25. Segunda advertência: Sigam sempre as advertências da Gato. Posto isto, aviso previamente que as próximas linhas contêm a opinião que menos gostei de escrever aqui no blog. Fui para conhecer o Rei mas saiu-me um Duque… O Rei das Praias é …

Continue Reading