A Gato come

Valdo Gatti – Bairro Alto

Já tinha ouvido falar (muito) bem do Valdo Gatti. “Ouvi dizer” que os produtos usados era todos naturais e biológicos, começando pela farinha de trigo. A massa é feita de forma artesanal, ou seja, respeitando os tempos de levedura, sendo utilizado ainda fermento natural (massa mãe). O espaço é acolhedor, com cores terra e cinza …

Continue Reading
A Gato come

Qura – Campo de Ourique

Um sítio intimista onde se podem curar males e afogar mágoas, repartindo-as com convivas famintos que nutram amor por comida cuja base é tradicional portuguesa. Parece-vos bem? No Qura, é tudo para partilhar. A louça é recente mas com aquele toque “do antigamente” e somos (bem) recebidos com um welcome drink que fica por conta …

Continue Reading
A Gato come

Crispy Mafya – Príncipe Real

Fui visitar o Crispy Mafya a convite, para finalmente provar aquele que é apelido pelos próprios como o melhor frango da cidade! O nome levou-me a pensar que estaria a caminho de um espaço altamente secreto (o que também seria improvável no Príncipe Real) para encontros de mafiosos que gostam de frango frito ou quem …

Continue Reading
A Gato come

Essencial – Bairro Alto

O essencial é invisível aos olhos, pensamento eternizado por Saint Exupéry. Poderíamos partir desta premissa para caracterizar o novíssimo restaurante a solo do Chef André Lança Cordeiro, um espaço que transmite a vontade de resumir ao essencial a experiência gastronómica. A começar pelo espaço: comedido na decoração, luminoso e pleno de linhas simples e cores …

Continue Reading