A Gato come

The Old House – Parque das Nações

O The Old House deve estar para a comida chinesa em Lisboa, assim como o Chuck Norris está para os memes mais incríveis de sempre.

Situado na zona da Expo, o espaçoso restaurante (ocupa dois pisos e ainda tem uma belíssima esplanada) é visitado por portugueses, turistas e chineses, muitos chineses, o que só pode comprovar a qualidade da comida e do serviço que ali é prestado.

A Carta

Bem, este é um tema. O que nos vem ter à mesa é um livro grande e pesado que reúne mais de 70 páginas. Sim, leram bem. São páginas e páginas de opções com fotografias apelativas. A recomendação da Gato é: vão aí com 20 minutos de antecedência para conseguirem ler tudo e chegar a um veredicto.

As escolhas da Gato

Decidida a fugir dos lugares-comuns do pitéu chinês, achei por bem dar largas à imaginação e escolher opções que sabia que teria dificuldade em encontrar noutros restaurantes chineses. Pelo que comecei por:

Uns noodles picantes “à moda” de Sichuan

Sichuan é uma zona da China conhecida por ter uma pimenta que dá origem a um picante “potente” capaz de arrumar os ocidentais a um cantinho com os olhos num pranto.

Acho que já vos referi algumas vezes a minha sedução pelo abismo no que à tolerância de picante diz respeito. Sou capaz de me atrever quando me dizem que algo é demasiado picante, mesmo que me mostrem uma pontuação alta na escala de Scoville.

Perante uma Gato de peito feito, acreditem que o pior e o melhor ainda estavam para vir a este almoço.

Won tons que são como núvens molhadas

Palavras para quê? A subtileza desta guioza no meu prato antes de o afinfalhar com os meus pauzinhos diz tudo. Parece uma obra de arte feita de leveza húmida e que se queria esgueirar pelos utensílios que usava com todo o cuidado.

Siew mai

Se ficasse tão rica em dinheiro como este dim sum era em recheio, então bem que podia ficar paradinha para o resto da vida a investir todos os euros ganhos no conforto desta mesa.

O recheio é composto por arroz e legumes vivos e frescos, unidos por um molho que dava corpo a estes pedaços de pecado asiático.

Eu disse que o pior e o melhor ainda estava por vir, lembram-se?

O chilly beef aka as labaredas do inferno de Dante

Vou ser-vos muito sincera, eu não sei dizer-vos todos os ingredientes que este prato contém. Apenas que pica que se farta. A primeira fatia de bife bem fina a nadar em picante que me chegou à boca levou-me às lágrimas só de cheirar. Não contente, levei à boca, saboreei e fui invadida por um misto de prazer e dor que só os devoradores viciados em picante conseguem perceber.

A experiência de provar este prato ficará para sempre guardada na minha memória estilo metáfora com a imagética da Fénix nas labaredas antes de renascer. Foi o que aconteceu a todo o meu sistema digestivo: basicamente incendiou-se e saiu daquele restaurante rejuvenescido. E sim, comemos tudo até ao fim apesar dos avisos de que se tratava de um prato pouco pedido (e suportado) por palatos europeus . Devo dizer-vos que o senhor que nos serviu deitou-nos um olhar orgulhoso quando levou a terrina da mesa.

Em resumo, se procuram provar comida chinesa de elevada qualidade feita numa cozinha onde reina o rigor e profissionalismo aplicado a todos os pratos que de lá saem, posso garantir-vos que o The Old House é uma escolha mais que acertada.

The Old House Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Leila Gato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *