A Gato come

O Cantinho do Aziz ou a vã glória de comer (e opinar)

Imaginem que estão numa esplanada numa daquelas boas noites de verão e começam a ler no menu que têm à vossa frente “Se é esquisito, NÃO PEÇA, ideal para amantes couve “lovers” ou então “Dá muito trabalho a comer, mas é MUITA BOM, ideal para quem sabe comer caranguejo”.

O Cantinho do Aziz é um daqueles restaurantes em que nunca percebemos muito bem se se levam demasiado a sério ou se simplesmente usam frases e elogios que ecoam na imprensa e nas bocas dos “influencers” para fazer apanágios dos seus feitos gastronómicos, divertindo-se a divertirem-nos.

A verdade é que é esta foi a segunda vez que aqui jantei, é que neste “cantinho” há algo mais forte que a comida que nos leva a querer voltar. Vejamos:

Sebastião “O Mestre de Sala” por excelência

O Sebastião abeirou-se da nossa mesa e antes de começar a anotar os pedidos e a responder à nossas questões, perguntou o nome a cada um dos comensais e apontou-os no seu bloco. Durante toda a noite, sempre que se dirigia a nós tratava-nos pelo nome e tinha sempre a boa disposição como complemento ao tratamento. Além disso, tinha sempre um sorriso e uma brincadeira para fazer, um espírito ao qual não ficámos indiferentes e que nos alegrou noite fora.

Chamussa de Carne “A melhor de Portugal”

Não é a Gato que o afirma é o que está escrito no menu mais hilariante de sempre. E sim, as chamussas são para lá de boas, nada gordurosas, bem recheadas e temperadas de forma equilibrada. Comer uma torna-se a desculpa perfeita para mandar vir (pelo menos) a segunda!

O nhama enamora mas não apaixona

Pedaços de carne de vaca, quiabos e mandioca servidos em molho de coco e açafrão, levando ainda um toque de óleo de palma. Promissor não acham?

Algo faltou neste nhama, a começar pela carne que não estava tenra como se quer, também no molho de coco e açafrão faltou algum sabor que tornou este prato pouco memorável. Prossigamos!

Caril de camarão para quatro se faz favor

E aqui começamos a subir… de nível. Estamos a falar de comida africana e um caril vem sempre a calhar numa boa noite de Verão. Segundo o fantástico menu este é “Maior culpado pelo certificado de excelência 2017 tripadvisor”. Culpado ou não, é um caril bem conseguido, com gambas frescas e carnudas que nos levam a repetir a dose.

Conseguem dizer muito depressa, Miamba wa macua?

Mantivemo-nos nas gambas, desta vez com banana pão em molho de coco e óleo de palma, acompanhado com arroz de coco. Antes de prosseguir, o arroz de coco cujas travessas aviámos uma a seguir à outra, foi o acompanhamento perfeito. Cozido e solto, aromatizado pelo coco que, por ter sido adicionado com conta peso e medida, não impregnou o arroz ao ponto de não conseguirmos distinguir o seu sabor da miamba.

Este acabou por ser um dos preferidos da noite, um sabor meio adocicado e um molho com uma textura muito própria garantiram-lhe o primeiro lugar no pódio.

Quando é que “demasiado picante” é demasiado picante?

Para a Gato esta é uma pergunta com rasteira. Acho sempre que vou aguentar e que o ideal é ser o mais picante possível. Não sei qual é a sensação de me empoleirar no topo de um prédio de 20 andares e olhar lá para baixo, mas imagino que seja mais ou menos a mesma coisa quando estou a breves segundos de mergulhar a língua do recepiente onde o molho picante seja servido.

Este é daqueles que nos faz sentir que estamos a viver no fio da navalha, um picante corpulento que nos deixa as papilas gustativas a fumegar. Ficaram com vontade de provar? Não?! Se isto não fosse público começava a disparar palavras impróprias!

Se vos recomendo ir ao Cantinho do Aziz? Sim! Se vos digo que vão ter a refeição mais memorável de sempre? Talvez não, mas recomendo pela experiência! Nestas coisas de comer, nada como provar para termos as nossas próprias opiniões.

Para os interessados, o Cantinho do Aziz é parceiro Zomato Gold, ou seja, um dos pratos fica por conta da casa! 🙂

Leila Gato

O Cantinho do Aziz Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *