Coisas da Gato

de 1 a 8 de julho

Bem sei que ainda não vos contei nada como deve de ser sobre a minha aventura em Berlim, mas prometo fazê-lo muito em breve. A bem da verdade, estou com muitos textos e compromissos em atraso no blog, mas os artigos já não devem tardar! Até lá, as 3 coisas desta semana são:

Um passeio a dois por um pequeno pulmão da cidade

Decidi que a manhã de sábado era o dia perfeito para fazer umas análises clínicas, pelo que lá fui eu para o Hospital às 8 da manhã. Talvez por ser verão e um… Sábado, não havia muita gente e tratei desse to do bem rápido. Recuperada a energia com uma torrada tamanho XL com muita manteiga, fomos passear até ao Parque da Quinta das Conchas (uma estreia para nós).

É um espaço muito amplo e com muitas sombras, tem uma esplanada óptima para comer ou beber alguma coisa enquanto pomos a leitura em dia. Ainda reparámos no écran gigante onde passam filmes (podem ver a programação do Cine Conchas aqui). Havia ainda uma pequena feira com produtos regionais e frescos como pão, queijos, frutas e legumes.

A prova Body Attack Harder

Foram duas horas e meia de prova. 60 minutos de aula normal com a coreografia número 101 de Body Attack by Les Mills (que by the way é insana e se não acreditam, podem ver com os vossos próprios olhos aqui), seguidas de uma hora e meia dedicadas às componentes de técnica e aprendizagem para fortalecer a consistência dividida em 3 exercícios específicos: Potência, Explosão e Coordenação.

Posso dizer-vos que a meio da aula já mal sentia os membrs superiores e inferiores. Na verdade, nem sei responder-vos bem porque me meto nestes desafios, não é pelos benefícios que alcanço em termos físicos – até porque muitos deles não são visíveis de um dia para o outro. Acho que o faço pela ideia de conseguir chegar ao fim, de atingir uma meta a que me proponho e de aperfeiçoar o controlo do meu corpo. Aí sim, noto diferenças, sou mais ágil, mais resistente, tenho mais força e uma energia que brota de um cansaço “bom”.

Homemade pasta is always a good choice

Sabem que a Gato gosta de comer. Coincidência ou não, a Gato tem um marido que gosta de cozinhar e que para além disso, cozinha mesmo muito bem. Estão a ver aquela frase “juntou-se a fome à vontade de comer”? É o que acontece nesta casa!

Como foi um sábado quente e ambos precisávamos de descansar para termos um domingo mais movimentado, optámos por ficar por casa. Apeteceu-nos pasta (a massa é fresca e é do Lidl). O resultado foi este. O mérito é todo dele, eu limitei-me a sentar à mesa e a comer (por duas vezes)! 🙂

Tenham um boa semana!

Leila 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *