A Gato come

Brunch do Mundo ou como dar uma salto até à Ásia*

*num final de manhã de sábado

Estão fartinhos de tomar um brunch e sair de lá com a sensação de que estão a pagar por fotos instragamáveis, mas cujo alvo gastronómico fica muito abaixo das expetativas?

Então e se vos propuserem um brunch ímpar, em que vão provar um menu inspirado num dos 5 continentes deste nosso planeta, num espaço incrivelmente kitsch e onde podem conhecer pessoas com o mesmo interesse que vocês: comer bem e ter uma experiência gastronómica única?

As irmãs Ana e Rita ouviram as nossas preces e criaram o Brunch do Mundo!

Se seguirem o Facebook podem ficar a par de como tudo funciona, das datas, dos menus, das granolas que vendem inspiradas neste mesmo conceito, e de todas as novidades que vão saindo a propósito destes happenings!

Basicamente, é ir ter ao Kitchen no Lx Factory (depois de garantirem a vossa vaga na data pretendida, o que é muito difícil) e aparecem por volta das 11:45 e fazem check-in antes de embarcarem na viagem até a um novo continente.

Eu estava a preparar-me para ir dar um pulo à Oceânia ainda este mês, mas a vida resolveu mandar-me dar um volta para outro lado, mas conto-vos como foi a minha escapadela até à Ásia!

1ª Paragem: Líbano
Jallab “Para misturar com pinhões e amêndoas” a bebida fresca e doce que acompanhou todo o brunch e chaputi e papadum com manteiga e compotas.

2ª Paragem: Malásia
Sopa Laksa : uma sopa com noodles de arroz, leite de côco, gengibre, malagueta vermelha, ervilhas tortas e amendoim de abóbora que serviu de entrada perfeita para o banquete que estavas prestes a ser servido.

3ª Paragem: Coreia
Bibimbap: aquele prato que é sempre um regalo visual e que se tornou também num regalo para o estômago. Normalmente é o que acontece quando vejo a gema de ovo a eclodir e a espalhar o seu brilho sobre todos os componentes de um prato.

4ª Paragem: Vietname
Spring rolls com molho de tamarindo são sempre mais que bem-vindos em qualquer almoço de inspiração asiática. Estes estavam no ponto em termos de textura, sabor e apresentação. Uma combinação leve mas que deixa as nossas papilas gustativas mais que saciadas.

5ª Paragem: Japão
Dorayaki rechedados com anko (panquecas com recheio de feijão azuki) Não posso dizer que seja o meu preferido porque não sou fã de panquecas, como já vos dei a ler por aqui. Tentando ser o mais parcial possível, o recheio ajuda a esquecer esta minha antipatia, mas posso recomendar e dizer que tenho a certeza que vão gostar e muito.

6ª Paragem: Tailândia
Granola de arroz tufado com creme de manga e banana, que é como quem diz: Aquela paragem necessária para limpar o palato e prepará-lo para o grande final!

7ª Paragem: China
Brownie de chá matcha com gelado de líchias Sendo eu uma pessoa mais de doces, este foi sem dúvida, uma dos meus preferidos. A consistência do brownie estava perfeita e quando contrastada com a textura e frescura próprias do gelado, proporcionam na nossa boca uma mistura doce, compacta e que dá vontade de repetir.

Ainda tivemos direito a uma bebida quente no final: café, cappuccino, chá ou mazagran e a um Fortune Cookie 🙂

Mais do que uma experiência gastronómica, o que a Ana e a Rita nos proporcionam é uma experiência cultural e social. Durante aquelas três horas passamos de um bando de desconhecidos a um bando de amigos que marcam jantares por esta Lisboa fora.

Leila Gato

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *